SOBRE NÓS

Brasília é o quê?


Uma cidade? Um plano? Uma utopia? Onde começa e em que ponto termina? Tem uma identidade? O que a caracteriza? Afinal de contas, o que é Brasília?

Se essas inquietações também habitam o seu ser, sinta-se muito bem-vinda(o) ao Brasília: Memória & Invenção. Neste espaço, vamos juntos navegar para descobrir possíveis respostas entre histórias, sonhos, memórias e invenções dos personagens que construíram e constroem a cultura candango-brasiliense.

Mas, antes de embarcar, é bom que você saiba: o enigma Brasília é indecifrável. Afinal, Brasília não é apenas uma cidade construída, e sim uma ideia em permanente construção. E quem a constrói a todo instante sou eu, é você, somos nós. Boa aventura!

O PROJETO

Identidade na diversidade


Brasília: Memória & Invenção é um projeto de pesquisa sobre o patrimônio imaterial da Capital dos Brasis, lançado com o intuito de reverenciar e valorizar a diversidade como a identidade cultural candango-brasiliense. Desbravando sua trilha à procura dessa antiga novidade, busca na história coletiva de Brasília e no mapeamento de suas diversas expressões artísticas ressaltar a memória e o espírito inventivo como patrimônios indispensáveis à compreensão da diversidade que nos identifica. Para cumprir tão ousado desafio, revelou-se fundamental a reflexão conceitual sobre “Brasília”, aqui compreendida em seu sentido mais profundo, amplo e libertador.

8 de março de 2018

Dulcina de Moraes

Pode-se dizer que Dulcina de Moraes (1908-1996) foi a responsável direta pela criação e crescimento do teatro em Brasília. Atriz de muito sucesso, participou das mais […]
17 de janeiro de 2018

Revista Traços

A Revista Traços nasceu em 2015, dentro da agência de publicidade Fermento, com o intuito de dar voz às manifestações culturais da cidade. Ela divulga conteúdos […]
22 de março de 2018

Ana Queiroz

Ana Queiroz é historiadora, pesquisadora e elaboradora de projetos com ampla experiência em curadorias, produção e gestão cultural. Apaixonada por Brasília, idealizou o projeto A Utopia […]
8 de março de 2018

Bia Medeiros

Maria Beatriz de Medeiros, graduada em Educação Artística na PUC-RJ, mestre em Estética, doutora em Arte e Ciências da Arte na Université de Paris I (Panthéon-Sorbonne), […]
12 de março de 2018

Casa do Cantador

A Casa do Cantador, localizada na Ceilândia, é a única obra de Oscar Niemeyer em Brasília fora do Plano Piloto. É um recanto de valorização da […]
20 de março de 2018

Rejunta Meu Bulcão

Rejunta Meu Bulcão é um bloco de carnaval idealizado no Rio de Janeiro em 2013, por brasilienses que lá moravam. A proposta do bloco é, sob […]
15 de março de 2018

Maura Baiocchi

Maura Baiocchi é encenadora, coreógrafa, performer e atriz. Depois de viver no Japão e estudar com os mestres Kazuo Ohno e Min Tanaka, trouxe para o […]
17 de março de 2018

DF Zulu

O grupo DF Zulu, de break dance e grafite, surgiu em 1989, na Ceilândia, para afirmar valores ligados à identidade negra, à consciência social, à paz, […]
17 de março de 2018

Nanche Las-Casas

Luiz Fernando (Nanche) Las-Casas é artista visual e professor. Coordenador do laboratório de tipografia TipoLab/UnB, frequentou oficinas tipográficas (letterpress) da Fundação St. Bride Foundation e da […]
15 de março de 2018

Marcos Mendes

Marcos de Souza Mendes é pesquisador, professor de audiovisual da Universidade de Brasília e cinéfilo: guarda um acervo privado de grande valor. “A minha biblioteca, quando […]
29 de janeiro de 2018

Rafael Rabello

Raphael Baptista Rabello (Petrópolis, outubro de 1962 — Rio de Janeiro, abril de 1995) foi um violonista e compositor brasileiro, ligado ao choro e à música […]
8 de março de 2018

Cia Tripé

O Grupo Tripé foi fundado em 2012, por jovens artistas, na Universidade de Brasília, com o intuito de estabelecer um espaço livre para experimentação, criação, estudo […]
18 de janeiro de 2018

T-Bone Açougue Cultural

O idealizador do projeto que transformou um açougue em ponto de cultura é Luiz Amorim, dono do Açougue T-Bone, localizado na 312 Norte. Quando Luiz comprou […]
14 de março de 2018

João Lanari

João Lanari é diretor cinematográfico e professor de cinema da Universidade de Brasília. Especializou-se em cinema japonês, e lançou publicação referenciada sobre o assunto. Fonte 1 […]
9 de março de 2018

Afonso Brazza

Nascido José Afonso dos Santos Filho (São João do Piauí, 1955 — Gama, 2003), Afonso Brazza foi um ator e cineasta brasileiro. Também conhecido como Rambo […]
20 de março de 2018

Dona Gracinha

A piauiense Maria Vieira da Silva, Dona Gracinha, é autodidata: começou a tocar acordeão aos oito anos de idade. Mudou-se para Brasília na época da construção […]
17 de janeiro de 2018

Luis Turiba

Luis Turiba – nascido em Pernambuco em 1950 – é poeta, jornalista, compositor, sambista e agente cultural. Veio para Brasília em 1979, onde produziu e publicou […]
8 de março de 2018

Athos Bulcão

Athos Bulcão (Rio de Janeiro, 1918 – Brasília, 2008) foi um renomado artista plástico. Teve uma infância imaginativa – desde pequeno já desenhava e frequentava teatros. […]
17 de janeiro de 2018

Francisco Alvim

O poeta e diplomata mineiro Francisco Alvim começou a escrever poemas ainda na adolescência, por influência da irmã – a também poeta Maria Ângela Alvim. Em […]
20 de março de 2018

Markão Aborígine

Markão Aborígine cresceu inspirado pelo avô cordelista. Rapper, poeta, escritor e militante da cultura hip-hop, desenvolve projetos culturais em Samambaia desde 1989. Aborígine pratica o hip-hop […]
29 de janeiro de 2018

Rênio Quintas

Nascido no Rio de Janeiro, Rênio Quintas é maestro, pianista, compositor, arranjador e criador de trilhas sonoras de cinema, teatro e rádio. Veio para a inauguração […]
9 de março de 2018

Monte Alverne

O Monte Alverne é um espaço dedicado ao desenvolvimento espiritual e acolhimento. A instituição é fruto de uma visão que seu idealizador, Ariston Teles, teve, em […]
8 de março de 2018

Ana Flávia Garcia

Ana Flávia Garcia, nascida no Rio Grande do Sul, é palhaça e diretora. Trabalha o cotidiano de forma cômica quando encarna sua personagem mais famosa: a […]
8 de março de 2018

Gisèle Santoro

Gisèle Santoro (RJ) dançou no espetáculo em comemoração à inauguração de Brasília. Retornou à capital em 1962, para se apresentar com a Fundação Brasileira de Ballet. […]
17 de janeiro de 2018

Kori Bolivia

Kori Yaane Bolivia Carrasco Dorado nasceu em La Paz (Bolívia) em 1949, e chegou em Brasília aos 27 anos, em 1976. Na cidade, leciona português e […]
15 de março de 2018

Maria Esmeralinda

Maria Esmeralinda (Sertânia, PE, 1928) veio para Brasília para ser empregada doméstica e acabou se tornando artista. Há mais de 20 anos, fabrica e vende santos […]
20 de março de 2018

GOG

Genival Oliveira Gonçalves (GOG) nasceu em Sobradinho (DF) em 1965. Seu rap nasceu no Guará, onde morou de 1973 a 1991. Viu o movimento hip-hop do […]
12 de março de 2018
Crédito: Gabriel Tenorio

Ataque Beliz

Ataque Beliz é um grupo de rap do DF, criado em 2001, formado por Higo Melo, Alisson Melo e Anderson Benjamim. Não demorou até o grupo […]
CONSELHO INSPIRADOR

Ana Queiroz

Doutora em História da Arte, com ampla experiência em curadorias, produção e gestão cultural. Apaixonada por Brasília, idealizou o projeto A Utopia da Modernidade e coordenou uma série de projetos de pesquisas, entre os quais o Memórias de Brasília.

Bené Fonteles

Artista plástico, curador, escritor, compositor e poeta, Bené é paraense e mora em Brasília desde 1991. “Artivista”, integra o Movimento Artistas pela Natureza. Considera Brasília um “tubo de ensaio da utopia”.

Marina Mara

Nascida em Taguatinga, Marina Mara é poeta, publicitária, ativista cultural, atriz, roteirista e consultora de projetos poéticos. Há mais de uma década atua com projetos de ativismo lírico e de empoderamento de artistas de todas as idades.

Vladimir Carvalho

Consagrado cineasta e documentarista brasileiro, desde 1969 registra a história e a memória de Brasília. Em sua extensa filmografia destacam-se "O País de São Saruê", "Conterrâneos Velhos de Guerra", "Barra 68" e "Rock Brasília - Era de Ouro".

E-mail

contato@memoriaeinvencao.com

Telefone

+55 61 98167-3262

Conecte-se

facebook.com/memoriaeinvencao
@memoriaeinvencao
memoriaeinvencao