SOBRE NÓS

Brasília é o quê?


Uma cidade? Um plano? Uma utopia? Onde começa e em que ponto termina? Tem uma identidade? O que a caracteriza? Afinal de contas, o que é Brasília?

Se essas inquietações também habitam o seu ser, sinta-se muito bem-vinda(o) ao Brasília: Memória & Invenção. Neste espaço, vamos juntos navegar para descobrir possíveis respostas entre histórias, sonhos, memórias e invenções dos personagens que construíram e constroem a cultura candango-brasiliense.

Mas, antes de embarcar, é bom que você saiba: o enigma Brasília é indecifrável. Afinal, Brasília não é apenas uma cidade construída, e sim uma ideia em permanente construção. E quem a constrói a todo instante sou eu, é você, somos nós. Boa aventura!

O PROJETO

Identidade na diversidade


Brasília: Memória & Invenção é um projeto de pesquisa sobre o patrimônio imaterial da Capital dos Brasis, lançado com o intuito de reverenciar e valorizar a diversidade como a identidade cultural candango-brasiliense. Desbravando sua trilha à procura dessa antiga novidade, busca na história coletiva de Brasília e no mapeamento de suas diversas expressões artísticas ressaltar a memória e o espírito inventivo como patrimônios indispensáveis à compreensão da diversidade que nos identifica. Para cumprir tão ousado desafio, revelou-se fundamental a reflexão conceitual sobre “Brasília”, aqui compreendida em seu sentido mais profundo, amplo e libertador.

15 de março de 2018

Marília Panitz

Marília Panitz é mestre em Teoria e História da Arte pela UnB, e foi professora do Instituto de Artes até 2011. Foi diretora do Museu de […]
17 de janeiro de 2018

Kori Bolivia

Kori Yaane Bolivia Carrasco Dorado nasceu em La Paz (Bolívia) em 1949, e chegou em Brasília aos 27 anos, em 1976. Na cidade, leciona português e […]
10 de março de 2018

Beth Jardim

Beth Jardim é poeta, declamadora e ativista cultural. Autora de um trabalho poético-musical que mistura poesias de Adélia Prado, de Cartola, e seus próprios, Beth tem […]
17 de janeiro de 2018

TT Catalão

TT Catalão é poeta, jornalista, letrista e ativista cultural. Controverso, sua linguagem é afiada, cáustica, tendo origem no Boca Maldita Gregório de Matos, passando pela ironia […]
11 de janeiro de 2018

Mãe Railda

Aos 12 anos, a garota que viria a se tornar Mãe Railda foi chamada por Oxum. Anos mais tarde, ela foi a matriarca pioneira do terreiro […]
15 de março de 2018

Chinelo de Couro

Chinelo de Couro é uma banda brasiliense, formada em 2012 por quatro mulheres, cujo repertório varia entre forró, coco, ciranda, maracatu, entre outros ritmos brasileiros. A […]
8 de março de 2018

Cia Tripé

O Grupo Tripé foi fundado em 2012, por jovens artistas, na Universidade de Brasília, com o intuito de estabelecer um espaço livre para experimentação, criação, estudo […]
19 de março de 2018

Rogério Duarte

Rogério Duarte Guimarães (Ubaíra, Bahia, 1939 – Brasília, DF, 2016) foi um designer, ilustrador, músico, escritor, tradutor e professor. É considerado um dos criadores da Tropicália, […]
9 de março de 2018

Bené Fonteles

José Benedito Fonteles (Bragança, PA, 1953) é artista plástico, jornalista, editor, escritor, poeta, ativista e compositor. Interessado em pesquisa de novos meios de expressão, Bené realizou […]
29 de janeiro de 2018

Reco do Bandolim

Henrique Lima Santos Filho, o Reco do Bandolim (Salvador, 1954) é bandolinista, compositor, jornalista, radialista e produtor cultural brasileiro. Ainda jovem, já em Brasília, manifestou interesse […]
17 de março de 2018

Diga How

Diga How é um grupo de rap que procura dizer, através de rimas, que tudo é possível quando se tem fé e amor. Criado em 2003, […]
20 de março de 2018

Martinha do Coco

Martinha do Coco mora em Brasília desde 1979. Passou a infância no Recife, onde conviveu com importantes nomes da cultura pernambucana, como Dona Selma do Coco […]
12 de março de 2018

Casa do Cantador

A Casa do Cantador, localizada na Ceilândia, é a única obra de Oscar Niemeyer em Brasília fora do Plano Piloto. É um recanto de valorização da […]
11 de janeiro de 2018

Mãe Baiana

Adna dos Santos, mais conhecida como Mãe Baiana, dirige o terreiro de candomblé Ylê Axé Oyá Bagan, localizado no Núcleo Rural Tamanduá, na Serrinha do Paranoá. […]
22 de março de 2018

Vera Verônika

A pedagoga Vera Verônika é cantora de rap, oficineira, professora e arte-educadora. Com trabalho de força expressiva, alcança público amplo e educa através das rimas. Primeira […]
29 de janeiro de 2018

Paulo Tovar

Vindo do interior de Goiás, Paulo Tovar chegou em Brasília em 1972. Na escola Elefante Branco, conheceu alguns dos nomes que viriam a formar a primeira […]
8 de março de 2018

Dulcina de Moraes

Pode-se dizer que Dulcina de Moraes (1908-1996) foi a responsável direta pela criação e crescimento do teatro em Brasília. Atriz de muito sucesso, participou das mais […]
26 de janeiro de 2018

Ruy Godinho

Ruy Godinho (Belém, PA) é radialista, autor e pesquisador, focado na divulgação de artistas independentes. Produziu diversos programas de rádio e, desde 1996, prioriza divulgar, em […]
11 de janeiro de 2018

José Jorge de Carvalho

Antropólogo e etnomusicólogo, o professor José Jorge de Carvalho é referência em estudos afro-brasileiros e indígenas, religiões comparadas, mística e espiritualidade e culturas populares. Idealizador da […]
20 de março de 2018

Guilherme Vaz

Artista multimeios, músico experimental, maestro e pesquisador, Guilherme Vaz (Araguari, MG, 1948) foi um dos pioneiros da arte conceitual e sonora do início da música concreta […]
14 de março de 2018

Laís Aderne

Laís Aderne (Diamantina, MG, 1937-2007), chegou em Brasília em 1967, e, na capital, trabalhou 30 anos com o resgate cultural de comunidades do cerrado. Foi pintora, […]
9 de março de 2018

Elder Rocha

Forte influência na formação de jovens artistas em Brasília, Elder Rocha Lima Filho (Goiânia, GO, 1961) é pintor, arte-educador e professor de Artes Visuais na Universidade […]
10 de março de 2018

Cassiano Nunes

Paulista, o escritor Cassiano Nunes chegou em Brasília em 1966. Seus amigos o consideravam um boêmio que não bebia. Passava madrugadas percorrendo as ruas da Asa […]
9 de março de 2018

Afonso Brazza

Nascido José Afonso dos Santos Filho (São João do Piauí, 1955 — Gama, 2003), Afonso Brazza foi um ator e cineasta brasileiro. Também conhecido como Rambo […]
9 de março de 2018

Vale do Amanhecer

O Vale do Amanhecer é considerado por historiadores e antropólogos a primeira organização religiosa nascida em Brasília. Sua fundadora, Neiva Chaves Zelaya, conhecida como Tia Neiva, […]
17 de março de 2018

Mila Petrillo

Mila Petrillo é uma fotógrafa carioca, filha de mãe comunista e pai cineasta, que registrou, durante as décadas de 1980 e 1990, imagens dos principais personagens, […]
18 de janeiro de 2018

T-Bone Açougue Cultural

O idealizador do projeto que transformou um açougue em ponto de cultura é Luiz Amorim, dono do Açougue T-Bone, localizado na 312 Norte. Quando Luiz comprou […]
11 de março de 2018

Sóter

José Luiz do Nascimento Sóter, nascido em Catalão, Goiás (1953), foi poeta marginal da Geração Mimeógrafo de Brasília. Hoje, além de artista, é professor da rede […]
CONSELHO INSPIRADOR

Ana Queiroz

Doutora em História da Arte, com ampla experiência em curadorias, produção e gestão cultural. Apaixonada por Brasília, idealizou o projeto A Utopia da Modernidade e coordenou uma série de projetos de pesquisas, entre os quais o Memórias de Brasília.

Bené Fonteles

Artista plástico, curador, escritor, compositor e poeta, Bené é paraense e mora em Brasília desde 1991. “Artivista”, integra o Movimento Artistas pela Natureza. Considera Brasília um “tubo de ensaio da utopia”.

Marina Mara

Nascida em Taguatinga, Marina Mara é poeta, publicitária, ativista cultural, atriz, roteirista e consultora de projetos poéticos. Há mais de uma década atua com projetos de ativismo lírico e de empoderamento de artistas de todas as idades.

Vladimir Carvalho

Consagrado cineasta e documentarista brasileiro, desde 1969 registra a história e a memória de Brasília. Em sua extensa filmografia destacam-se "O País de São Saruê", "Conterrâneos Velhos de Guerra", "Barra 68" e "Rock Brasília - Era de Ouro".

E-mail

contato@memoriaeinvencao.com

Telefone

+55 61 98167-3262

Conecte-se

facebook.com/memoriaeinvencao
@memoriaeinvencao
memoriaeinvencao